Overtoun: a ponte dos cães suicidas

Há uns meses atrás publicamos aqui sobre a Floresta de Aokigahara, um dos lugares mais assustadores do mundo – senão “o lugar” mais assustador, conhecida por inúmeros suicídios de pessoas. Publicamos hoje um outro lugar também conhecido por suicídios, mas de cachorros! Trata-se da ponte de Overtoun, em Milton, Escócia.

Tudo aconteceu quando Donna e o seu marido passeavam pela pitoresca ponte. Sem qualquer aviso do que iria acontecer, seu cão Ben simplesmente se empoleirou no parapeito da centenária ponte e mergulhou para a morte nas pedras abaixo, a uma distância de mais de 15 metros.

Para Donna Copper, a pior parte de ter visto o seu cão colli saltar da ponte para a morte foi o fato de seu filho de dois anos não ter ainda conseguido superar este evento macabro.

Mas este caso que citamos acima está longe de ser único e há mais de 50 anos que esta ponte é conhecida pelos mergulhos suicidas de cães. Com uma média de 5 cães a cada 6 meses, a ponte ganhou rapidamente a fama de provocar de alguma forma o desejo suicida em cães perfeitamente saudáveis.

Muitas histórias são criadas à volta deste evento e associações de proteção aos animais têm se mobilizado para que este mistério seja solucionado.

Não é de admirar que os rumores e lendas falem de uma maldição na ponte e até de aparições fantasmagóricas. Uma história em particular, de 1994, aumenta consideravelmente a intensidade das estórias de terror. Uma mulher, chamada Kevin Moy, atirou o seu filho, um bebê, ponte abaixo alegando tratar-se do anti-Cristo.

 Na centenária mitologia Celta, Overtoun é conhecida pelo “local mais fino”, onde a Terra e o Céu estão mais próximos do que em qualquer outro lugar do planeta e inclusive médiuns e videntes já fizeram experiências com os seus próprios cães sem grande sucesso, por nada acontecer nem nada sentirem.

Se nada de origem sobrenatural está por detrás deste mistério algo havia de ser feito e teorias choveram de vários quadrantes. O famoso veterinário comportamental de cães, Kendal Shepherd, acredita que sendo os cães suscetíveis a sentimentos depressivos e psicóticos algo naquela zona poderia estar interferindo com o seu equilíbrio emocional.

Mas após análise dos casos e do local afirmou que “não existe qualquer indicação que os cães consigam aperceber-se do agora e do amanhã, e na realidade o suicídio humano é sempre baseado por um desiquilíbrio emocional referente ao futuro que por alguma razão se apresenta longe de ser melhor.”

Se não é sobrenatural nem suicídio então o que é que se passa em Overtoun?

Claro que ao longo dos anos diversas teorias surgiram para tentar explicar o mistério. Desde forças sobrenaturais até magnetismo ou campos de energia vindos das pedras. A teoria mais aceite é a seguinte:

O isolamento visual causado pelos muros da ponte devia colocar em alerta cães com sentidos – audição e olfato – mais desenvolvidos. Depois de analisar e descartar a origem dos sons de alta frequência dos postes de luz nas proximidades, os cientistas concentraram os seus estudos sobre o cheiro dos animais e constataram que nem todas as raças de cães sofrem do chamado ao suicídio. Somente os cães de raça caçadores de grande focinho: labrador, collie, golden retriever pulavam da ponte.

Poderia ser o cheiro de alguma coisa ou animal?

Depois de muitas pesquisas, os pesquisadores descobriram que os suicídios começaram na mesma época da invasão de visons americanos na região. Este animal possui uma glândula anal que segrega uma substância de odor bastante forte, usada para marcar seu território, que deixa os cães fora de si. A área da ponte é um habitat natural do animal e o pequeno riacho não é muito abundante em água, tornando o conteúdo ainda mais concentrado a ponto de atrair mais profundamente os cães que cruzam a ponte.

Assustador, intrigante e até perturbador, este mistério continua sem ser totalmente esclarecido e a ponte é cada vez mais conhecida pela ponte dos cães suicidas.

Fonte: DailyMail

Posted by Wladimir

Nerd desde sempre. Começou a programar em Basic, em um CP 400 Color II lá por 1985. Fã de Star Wars, Star Trek e outras séries espaciais. Pai de 4 filhos - um era pra se chamar Linus, mas o nome encontrou muita resistência :( Aliás, software livre é outra paixão. Usuário Linux desde 1999. Presidente da Associação Software Livre Santa Catarina. Defensor do livre compartilhamento. É o compartilhamento que tem feito a humanidade avançar. As ideias são uma construção coletiva da humanidade :) Foi fundador do Partido Pirata do Brasil e membro de sua 1ª Executiva Nacional (2012-2014). Foi também assessor do gabinete do Ministro da Ciência e Tecnologia durante 2016, até a efetivação do golpe que destituiu Dilma Rousseff. Ah, também é editor aqui dessa bagaça, onde, aliás, você também pode colaborar. Só entrar em contato (42@nerdices.com.br) e enviar suas dicas, artigos, notícias etc. Afinal, a Força somos nós!

Website: http://www.nerdices.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *